• Pedro Mendes

Oportunidade: 15 milhões de contribuintes ainda não enviaram a declaração de IRPF.

A Receita Federal divulgou que até o momento 15 milhões de contribuintes ainda não enviaram a declaração do Imposto de Renda 2020. Ao todo, são esperados 32 milhões de documentos.


E se você deseja ganhar uma renda extra e se especializar na área, ainda dá tempo!

Super indico o Curso de imposto de Renda P.F da INTERMÉDIA ESCOLA, ministrado pela professora Viviane Silva, especialista na área e professora de graduação e pós graduação.


Clique aqui para saber mais, e aproveitem a oportunidade


Vagas Limitadas, então corra!



IR 2020


O Imposto de Renda 2020 trouxe algumas novidades. A partir deste ano, por exemplo, não é mais possível deduzir os gastos com INSS do empregado doméstico, a Contribuição Patronal.


Até ano passado, quem tinha empregado doméstico com carteira assinada podia abater do imposto até R$ 1.200,32 da contribuição previdenciária recolhida ao longo do ano, mas ao longo do tempo acabou perdendo validade.


Outra novidade é a antecipação da restituição. Neste ano, o primeiro lote foi pago em 29 de maio. Historicamente, os pagamentos começavam apenas em meados de junho.


Há ainda algumas mudanças nas regrinhas de preenchimento como a conta-corrente e poupança que ganham campo para nome do banco, a possibilidade de indicar se o bem declarado é do próprio contribuinte ou do dependente e ainda a opção de incluir ou não dados sobre imóveis e veículos.


Penalidades


O Imposto de Renda é obrigatório para todos os brasileiros que, em suma, recebam até R$ 28.559,70 por ano.


Quem não declarar ficará sujeito a multa de 1% ao mês, sendo no mínimo R$ 165,74 e no máximo de 20% do imposto devido.


Além disso, a não declaração implica em outras penalidades como processos administrativos, além de acusações de crimes como o de sonegação fiscal.


Oportunidade para profissionais


Todo ano, a declaração de imposto de renda pessoa física é uma excelente oportunidade que muitos profissionais tem para ganhar uma renda extra no começo do ano, onde normalmente temos muitas despesas para pagar.


E não precisa ser um contador formado para confeccionar a declaração e até mesmo estudantes podem trabalhar nesse ramo, mas é claro que os contabilistas levam uma certa vantagem pois normalmente estão mais envolvidos com as leis que envolvem o IRPF.


É muito válido se especializar nessa área, fazendo cursos, pois a cada ano o layout do sistema muda um pouco, mas não é necessário fazer um novo curso ou uma atualização muito rigorosa.


Para você ter uma ideia, muitos profissionais cobram para esse serviço entre R$ 100,00 a R$1.045,00, e as vezes esse valor pode ser muito maior, isso é bom não é mesmo?


Então o que está esperando para aprender e ganhar sua renda extra?


CLIQUE aqui para aprender

Pedro Pereira Mendes Junior

CRC-RJ 126098-O

CPF: 058.710.257-81

Rua Acre, 77 - Centro - Rio de Janeiro

Entrega Imediata

Fique por dentro das novidades, e aprenda o simples nacional  na prática!